Layout de restaurante: saiba o que é e como definir o seu

Layout de restaurante: saiba o que é e como definir o seu

Uma boa comida e um atendimento de excelência são fatores muito importantes para o sucesso de um restaurante. Entretanto, existem outros pontos que podem auxiliar a experiência do cliente no seu estabelecimento. O layout de restaurante é um deles.

Mas você sabe o que é layout de restaurante? A importância disso? Como o layout de restaurante pode fazer diferença nas suas vendas?

É sobre isso que falaremos no artigo de hoje. Fique atento.

O que é layout de restaurante?

O layout de qualquer tipo de ambiente – restaurantes ou não – é definido na planta baixa do estabelecimento e deve considerar o fluxo de pessoas e operações existente no ambiente.

Assim, antes de definir o layout do seu restaurante é importante saber como será o fluxo de pessoas e de trabalho no seu estabelecimento. Para isso, responda as seguintes perguntas:

  • Por onde entrarão os clientes?
  • Qual caminho eles farão para chegar ao toalete?
  • Onde será a cozinha do seu restaurante?
  • Qual caminho seus funcionários farão para levar a comida e voltar com os pratos sujos?
  • Em caso de restaurante self-service, qual será o fluxo das pessoas na hora de montar os pratos?

Todos esses questionamentos devem ser feitos na hora de pensar no layout de restaurante mais adequado para o seu negócio.

Essa é uma das fases mais importantes na construção ou reforma do seu restaurante, pois envolve a experiência do cliente, que é o que o fará indicar ou não seu estabelecimento.

7 dicas para planejar seu layout de restaurante

Por isso, vamos te dar agora 7 dicas para planejar um layout de restaurante perfeito. Preste atenção a cada detalhe e construa o melhor layout.

Leve em consideração todas as partes do seu restaurante

Esse é o primeiro passo para um bom layout. Não dá para considerar algumas coisas e ignorar outras. Todos os pontos do seu estabelecimento são importantes.

Se o seu restaurante tem espaço infantil, por exemplo, é importante pensar no fluxo dos pais para irem “checar” as crianças. Se possível, planejar o espaço de uma forma que facilite a visualização das crianças por parte dos pais.  

Cuidado com as áreas “problemáticas”

Sabe aquela história de chegar cedo para arrumar uma boa mesa? Então, quando um restaurante tem um bom layout, não existe “mesa ruim”.

Entre as áreas que as pessoas normalmente não gostam de sentar estão as mesas perto da cozinha ou perto dos banheiros. Isso porque essas áreas têm grande fluxo de pessoas e às vezes cheiro forte.  

E como resolver essas questões? Simples, procure transferir a área dos garçons para essas áreas problemáticas ao invés de colocar uma mesa lá.

Além disso, você pode utilizar divisórias móveis para tornar o salão mais agradável e reservado.Tornando as mesas centrais tão agradáveis quanto as “do cantinho”.

Faça o layout de acordo com o seu conceito

É preciso ser fiel ao conceito do seu restaurante para oferecer uma experiência gastronômica completa aos seus clientes. E isso inclui pensar em todos os detalhes para montar o layout de restaurante perfeito.

Detalhes arquitetônicos são muito bem vindos para criar o ambiente certo. Um restaurante japonês, por exemplo, deve ter traços do país durante por todo local e não só na decoração.

Por isso, defina o conceito do seu restaurante e aposte nele. Leve-o como guia para todas as decisões que você tomar, sejam elas no cardápio, na arquitetura ou na decoração.

Uma temperatura agradável é essencial

Um salão com temperaturas desagradáveis pode fazer com que alguns clientes desistam de ficar no seu restaurante. Ambientes muito quentes tornam a experiência confinadora enquanto ambientes gelados podem trazer resfriados.

Sabemos que garantir que o ambiente tenha uma temperatura adequada pode ser uma tarefa difícil e cara, mas ela é necessária para não ter variação no seu número de clientes de acordo com a época do ano.

Um ambiente sem ventilação adequada provavelmente não será a escolha dos consumidores durante as ondas de calor do verão. Sem falar que a própria cozinha gera muito calor e fumaça, demandando assim uma boa ventilação.

Apostar no ar condicionado é sempre uma boa opção, apesar de não ser barato, você pode regular a temperatura do ambiente e garantir um espaço mais agradável.

Só tome cuidado para não deixar rajadas de vento em cima de alguma mesa, pois isso pode transformá-la em uma ambiente problemático.

Dê espaço entre as mesas

Quando falamos de layout de sites, por exemplo, sempre falamos da importância dos espaços em branco, para deixar a página respirar e chamar a atenção do usuário para pontos estratégicos.

O mesmo acontece no layout de restaurante. É preciso deixar o salão, os banheiros, a cozinha e todas as demais áreas “respirarem”.

Por isso, dê espaço entre as mesas, de forma que duas pessoas possam sentar de costas uma para a outra sem que as cadeiras se encostem quando elas levantarem.

Além disso, esse espaço também é importante para o fluxo dos garçons e dos demais clientes, evitando “engarrafamentos” quando a casa estiver cheia.

Entenda seu público-alvo

Entender o público-alvo é um ponto importante para qualquer negócio, seja ele alimentício ou não, pois isso ajuda na hora de tomar as decisões estratégicas do empreendimento.

Por exemplo, se você possui um bar e seu público é jovem, é provável que seu estabelecimento tenha muito ruído à noite e isso é normal.

Mas se o seu público é mais velho, barulho demais pode ser uma característica ruim. Tetos muito altos e pisos de madeira potencializam o som, gerando ecos.

Por isso, se procura um ambiente mais silencioso e tranquilo, afaste mais as mesas, diminuindo o número de pessoas no local aposte nos tapetes, pois eles abafam o som.

O mesmo acontece na hora de escolher o seu tipo de cardápio. Ele vai ser mais clássico ou mais descontraído? Isso dependerá do seu público.

Separe a cozinha do seu restaurante em estações

Todas as nossas dicas até agora foram de maneira geral sobre o salão do seu restaurante. Mas o layout de restaurante não abrange apenas essa parte, ele abrange todo o estabelecimento.

E isso inclui, obviamente, a área da cozinha, que precisa ter um bom layout interno para que o trabalho possa fluir de maneira contínua e sem atrasos desnecessários.

Para isso, procure separar a cozinha do seu restaurante em estações. Isso facilitará o trabalho e evitará que um processo possa atrapalhar o outro.

Por exemplo, a estação da fritura e a da montagem do prato não devem ficar muito próximas, pois o óleo pode espirrar no prato já finalizado.

Vale lembrar que apesar de cozinhas maiores serem mais confortáveis, cozinhas menores podem ser igualmente funcionais se forem bem planejadas.

Por isso, planeje o bem o seu layout de restaurante, para que ele possa ajudar na experiência do consumidor. E falando nisso, que tal aprender como garantir a satisfação do cliente no seu restaurante? É só clicar aqui para ficar de olho nas nossas dicas. Boa leitura!